Telefone: +55 21 3970-6868
Email: E-mail de atendimento Infront - Protegido via imagem
Siga-nos:

Observatório Socio-Ambiental de Barragens - IPPUR UFRJ

Cases

Apresentação do Projeto

O Observatório Sócio-Ambiental de Barragens foi desenvolvido como um sistema de informações que incorpora dados sobre as especificações técnicas as articulações corporativas os impactos ambientais as pendências sociais os conflitos e os rearranjos espaciais engendrados pela construção de barragens no Brasil. O Observatório almeja sistematizar e organizar informações sobre o setor elétrico acompanhando suas mudanças e proporcionando o assessoramento de pesquisadores e ativistas de movimentos sociais.

Nesse sentido consideramos que a principal inovação do Observatório consiste em permitir que diferentes atores sociais organizações governamentais e não-governamentais pesquisadores e ativistas sejam capazes de acessar de modo fácil um banco de dados com informações que lhes são necessárias para planejar assessorar e debater a reparação individual ou coletiva dos impactos de grandes barragens.

O Observatório foi concebido como um banco de dados online abrigando as informações registradas e contendo fichas de cinqüenta barragens. Nosso objetivo será realimentar este banco ininterruptamente tanto através da atualização das fichas como através da inserção de novas hidrelétricas no sistema. Busca portanto disponibilizar informações atualizadas e detalhadas que permitam um maior debate na sociedade acerca dos problemas e benefícios da construção de barragens.

As motivações para a criação deste Projeto surgiram quando começamos a observar nosso esforço constante e na maior parte das vezes frustrado em oferecer informação sistemática e sintética sobre as transformações ambientais e sociais das barragens no Brasil. Nesse sentido este Projeto surgiu em grande parte em virtude da demanda por informações a respeito das barragens brasileiras construídas com pouquíssimo acesso e controle da sociedade.

Quantas pessoas foram deslocadas por barragens no Brasil? Que impactos ambientais e sociais têm ocorrido em decorrência da construção destas grandes obras? Quantas pessoas ainda serão desalojadas ou afetadas pelos projetos previstos para os próximos anos? Ninguém consegue ter tais respostas nem o governo nem as agências ambientais e nem os movimentos sociais. O Observatório surge portanto como uma tentativa de se realizar ao menos uma reflexão acerca destas questões.

observatorio-site.jpg

Voltar

© 2017 - INFRONT Informatização Empresarial Ltda - Todos os direitos reservados.